Mudanças na estrutura capilar durante e após gestação

Isabel-Fillardis

 

Bom dia, nação cacheada antes de qualquer coisa gostaria de agradecer com muito carinho Mariluce Carvalhal, pela maravilhosas palavras, sobre este assunto eu como cabeleireira tinha inúmeras duvidas, visto mudanças de estrutura interna para externa , os professores não esclarece estas duvidas ou não se aprofunda e fazer suas pesquisas pessoas muitas das vezes não são claras resposta. O DR. Thiago Carneiro alem de excelente profissional em se disponibilizar em atende um pouco de sua atenção em esclarecer minhas duvidas e de Mariluce foi esclarecedor suas respostas.

Hoje posso afirmar, as químicas capilares( são mais agressivas, as temidas “tioglicolato e hidróxidos”), os hormônios e alimentação são fatores de mudanças na estrutura capilar. vou deixar as respostas do Doutor Thiago responder suas duvidas e no final o vídeo de Mariluce Carvalhal com sua parceria fizemos um excelente trabalho. Irei colocar fotos de mulheres famosas que possivelmente passaram por isso como Tais Araujo e Isabel Fillardis.

O cabelo é cada um dos pelos que crescem na cabeça. Há em média 150.000 fios capilares em uma pessoa adulta e crescem em média 1 cm por mês. Diferenciam-se dos pelos comuns pela sua elevadíssima concentração por área de pele e pelo desenvolvimento em comprimento. Podem ser lisos, crespos, ondulados e de muitas cores.

Diversos fatores podem contribuir ou atrapalhar o desenvolvimento do cabelo, alguns exemplos são:

1-Doenças sistêmicas (lúpus, anemia, infecções, febre, tiroidopatias)

2-Deficiência de nutrientes ou proteínas (ferro, micro elementos outros, ferritina, transferrina, hemoglobina)

3-Doenças do couro cabeludo (dermatite seborreica, micoses)

4-produtos químicos

5-Amamentação e estados pós gravídicos, que é o foco da nossa entrevista de hoje.

Esses pelos têm uma composição complexa, dividida em cutícula, cimento intercelular, córtex e medula.

-Cutícula:

Parte mais externa do fio que protege as camadas mais internas. Pode sofrer agressões externas (sol, poluição calor, frio), agressões mecânicas (pentear, escovar, amarrar, tracionar) e agressões químicas (relaxamento, tinturas, alisamentos e outros produtos químicos capilares).

-O cimento intercelular

Também conhecido como “Complexo de Membrana Celular” ou CMC, garante a coesão das escamas e do córtex, contribuindo para a sua solidez, característica de uma fibra natural e sadia.

-O córtex

Esta é a camada intermediária da fibra. O córtex é o corpo e o coração da fibra, sua parte mais volumosa.

-A medula

A medula está situada na parte central do fio. Sua presença, ao longo do cabelo, é descontínua, podendo até ser ausente.

13059617_1187923687885690_1280673774_n

 

Depois que entendemos um pouco parte do universo capilar podemos responder algumas perguntas referentes às dúvidas freqüentes de nossos leitores.

1-Durante e após a gestação existem mudanças na estrutura capilar?

R- SIM! NA GESTAÇÃO, DIVERSAS ALTERAÇÕES HORMONAIS OCORREM PARA QUE SEJA POSSÍVEL A COMPATIBILIDADE DA VIDA FETAL. É DESSA MANEIRA QUE O ÚTERO VAI AUMENTAR E NOVOS VASOS SERÃO FORMADOS PARA QUE MAIS NUTRIENTES E OXIGÊNIO CHEGUEM AO FETO. COM ESSAS ALTERAÇÕES HORMONAIS (AUMENTO DE PROGESTERONA E ESTROGÊNIO), O FOLÍCULO PILOSO TAMBÉM SE DESENVOLVE, LEVANDO A FORMAÇÃO DE UM CABELO MAIS VIVO E SAUDÁVEL.

APÓS A GESTAÇÃO, COM A NORMALIZAÇÃO DOS HORMÔNIOS, A QUEDA CAPILAR É FREQUENTE NA MAIORIA DAS MAMÃES. ESSE ESTADO É CHAMADO DE EFLÚVIO TELÓGENO. ESSA QUEDA PODE DURAR MESES, MAS NORMALIZA COM O TEMPO.

2-O cabelo cacheado poderá ficar mais liso e o liso mais cacheado?

R- SIM! POR CONTA DESSAS ALTERAÇÕES HORMONAIS, ESSA É UMA TENDÊNCIA. NO ENTANTO, AQUELAS MÃES QUE FAZEM USO DE QUÍMICAS FREQUENTEMENTE E SE ABSTÉM DURANTE A GRAVIDEZ, OS CABELOS PODEM FICAR REVOLTOS E NÃO AGRADAREM ESTETICAMENTE A GESTANTE. MUITAS DIZEM QUE O CABELO FICOU PÉSSIMO NA GRAVIDEZ!!! MAS ISSO NÃO OCORRE PELAS ALTERAÇÕES HORMONAIS FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ, MAS SIM PELA AUSÊNCIA DOS PRODUTOS QUÍMICOS QUE DOMAVAM OS FIOS “REBELDES”

3- Cabelos com cachos mais fechados poderão ficar com cachos mais abertos e vice-versa?

R- AS ALTERAÇÕES SÃO INDIVIDUAIS E DEPENDEM NÃO SÓ DOS HORMÔNIOS, MAS TAMBÉM DO QUE SE USAVA E O QUE DEIXOU DE SE USAR.

4 – Essas mudanças ocorridas citadas acima ocorre por químicas diretas( alisamento ou relaxamento)ou quimioterapia como aconteceu com o ator global Reynaldo Gianecchini ?

R – AS FORMAÇÕES DE CACHOS OU ALTERAÇÕES DA ESTRUTURA CAPILAR PODEM SER ALTERADAS COM USO DE ALGUMAS MEDICAÇÕES QUE INTERFEREM NA FORMAÇÃO DO CABELO. ALGUNS QUIMIOTERÁPICOS, POR EXEMPLO, TÊM ESSE EFEITO COLATERAL. MAS, EM NENHUMA HIPÓTESE, ISSO JUSTIFICA O USO DESSAS MEDICAÇÕES PARA TAIS FINALIDADES.

5 –NORMALMENTE AS ALTERAÇÕES CAPILARES NA GESTAÇÃO SÃO POSITIVAS, MAS VIMOS TAMBÉM QUE A PRIVAÇÃO DE “QUÍMICAS” CAPILARES DURANTE A GESTAÇÃO PODE NÃO AGRADAR. CONTAMOS COM VÁRIOS FATORES PARA A FORMAÇÃO DO CABELO. OS HORMÔNIOS SÃO ELEMENTOS IMPORTANTES, MAS NÃO OS ÚNICOS! PARA ISSO, É IMPORTANTE QUE AS MAMÃES TENHAM UMA DIETA ADEQUADA E INGESTÃO EQUILIBRADA DE NUTRIENTES PARA QUE O FETO SE DESENVOLVA BEM E JUNTO COM ELE, O NOSSO QUERIDO E AMADO CABELO.

6 – NA AMAMENTAÇÃO (ESTADO PÓS GRAVÍDICO), A TENDÊNCIA É QUE HAJA UMA TROCA CAPILAR (EFLÚVIO TELÓGENO). ISSO PROVOCA SIGNIFICATIVA QUEDA DE CABELO, QUE É NORMAL, MAS QUE ASSUSTA MUITO AS MULHERES.

ALÉM DISSO, MUITOS NUTRIENTES SÃO FORNECIDOS AO BABY PELO LEITE MATERNO. PORTANTO, A REPOSIÇÃO DESSES NUTRIENTES PELA MÃE É FUNDAMENTAL.

O  Médico que forneceu essas informações Chama-se Thiago Carneiro //Derma do Cabelo //Atende no Edifício Profissional Center, sala 312, Salvador – Ba.

Agora o video:https://youtu.be/u7KSB5U6hvM

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s